Comissão de comércio dos EUA tem poder para policiar cibersegurança, diz tribunal

segunda-feira, 24 de agosto de 2015 21:54 BRT
 

(Reuters) - Um tribunal de apelação dos Estados Unidos afirmou que a Comissão Federal de Comércio (FTC, na sigla em inglês) tem autoridade para regular a segurança cibernética corporativa e pode propor uma ação judicial acusando a operadora de hotéis Wyndham Worldwide de falhar em proteger adequadamente informações de seus clientes.

A decisão por 3 a 0 do Terceiro Circuito de Tribunais de Apelação dos EUA, na Filadélfia, acolheu nesta segunda-feira a decisão de um tribunal menor, de abril de 2014, permitindo que o caso siga adiante.

A FTC quer responsabilizar a Wyndham por três brechas em 2008 e 2009 nas quais hackers invadiram seu sistema de computadores e roubaram cartões de crédito e outros detalhes de mais de 619.000 clientes, levando a mais de 10,6 milhões de dólares em cobranças fraudulentas.

Um porta voz da empresa, Michael Valentino, disse que "proteger informações pessoais permanece sendo uma prioridade" para a empresa sediada em Parsippany, Nova Jersey.

(Reportagem de Jonathan Stempel)