Brasil perde 1 milhão de linhas móveis ativas em julho

terça-feira, 25 de agosto de 2015 16:35 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil encerrou julho com 281,45 milhões de acessos ativos na telefonia móvel, mostraram dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgados nesta terça-feira, indicando que cerca de 1 milhão de linhas foram desativadas em relação a junho deste ano.

No encerramento do mês passado, os acessos pré-pagos somaram 209,98 milhões, queda de 1,4 milhão na comparação com o mês anterior, enquanto os pós-pagos totalizavam 71,47 milhões, queda de 440,7 mil linhas ante junho.

Os desligamentos mantêm tendência de "limpeza de base" intensificada no final do primeiro semestre quando mais de 2 milhões de acessos pré-pagos, tidos pelo setor como menos rentáveis, foram desligados.

A Vivo, da Telefônica Brasil, manteve posição de liderança, com 29,21 por cento do mercado em julho, frente a 29,26 por cento em junho. A base de linhas da empresa, contudo, encolheu em 456,6 mil acessos no período.

Em segundo lugar ficou a TIM Participações, com 26,3 por cento, ante 26,41 por cento em junho. A operadora registrou o maior corte de base, de 575,2 mil, no período.

A Claro, do grupo América Móvil, ficou em terceiro, com 25,36 por cento ante 25,21 por cento em junho, adicionando 168,4 mil acessos. Em quarto lugar ficou a Oi, com 17,78 por cento, com redução de 179,7 mil acessos. Já a participação da Nextel passou de 0,74 por cento em junho para 0,76 no mês passado, adição de 41 mil acessos.

(Por Priscila Jordão e Luciana Bruno)