Google diz que acusações antitruste da UE não têm fundamento

quinta-feira, 27 de agosto de 2015 13:52 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - O Google refutou nesta quinta-feira as acusações antitruste da União Europeia de que abusou de seu poder de mercado, dizendo que as acusações não têm qualquer fundamento econômico ou jurídico.

"Dados econômicos abrangendo mais de uma década, uma série de documentos e declarações dos reclamantes, tudo confirma que a pesquisa de produto é fortemente competitiva", disse o conselheiro geral do Google, Kent Walker, em publicação em blog.

As declarações surgem vêm após a companhia ter enviado um documento de mais de 100 páginas para rebater a Comissão Europeia, que acusou o Google de distorcer resultados de pesquisa em favor de seu serviço de compras, prejudicando tanto rivais quanto consumidores.

(Por Foo Yun Chee)