Michael Dell vê consolidação entre fabricantes de PCs nos próximos anos

segunda-feira, 7 de setembro de 2015 15:05 BRT
 

BENGALURU, Índia (Reuters) - As três principais fabricantes globais de PCs seriam capazes de elevar sua participação de mercado nos próximos anos através de consolidação em meio à queda na venda de computadores pessoais, disse o presidente-executivo da Dell, Michael Dell, nesta segunda-feira.

A Lenovo Group encabeça o ranking de embarques globais de PCs, com fatia de 20,3 por cento, seguida pela Hewlett-Packard, com 18,5 por cento, e pela Dell, com 14,5 por cento, segundo a empresa de pesquisas International Data Corp (IDC).

As três principais empresas poderiam encurralar cerca de 80 por cento do mercado nos próximos 5 a 7 anos, disse Dell em uma conferência com jornalistas em Bengaluru, na Índia.

"No primeiro semestre deste ano, nós superamos as duas em notebooks e temos crescido agora há 10 trimestres consecutivos", afirmou Dell.

O IDC previu no mês passado que os embarques de PCs cairão 8,7 por cento este ano, num recuo mais acentuado que a estimativa anterior de declínio de 6,2 por cento. A expectativa é que o setor volte a crescer em 2017.

Michael Dell vem tentando transformar a empresa que ele fundou em 1984 em uma provedora completa de serviços de computação empresarial, tal como a HP ou IBM.

"Temos sido capazes de crescer mesmo com o mercado (de PCs) encolhendo e, claro, nosso negócio vai muito além do dispositivo, indo a centro de dados, software, serviços e segurança", disse Dell.

Ele, no entanto, disse que a companhia não planeja entrar no negócio de smartphone, ao contrário da rival Microsoft, que comprou a divisão de celulares da Nokia em 2014.

(Por Supantha Mukherjee e Abhirup Roy)