Efeito fiscal de cisão de fatia do Yahoo no Alibaba preocupa analistas

quarta-feira, 9 de setembro de 2015 15:45 BRT
 

(Reuters) - Analistas de Wall Street moderaram sua opinião sobre as ações do Yahoo após os planos da companhia para uma cisão livre de impostos de sua participação no Alibaba Group Holdings terem ido em direção a um potencial problema com a Refeita Federal dos Estados Unidos (IRS, na sigla em inglês).

O Yahoo disse nesta terça-feira que a IRS negou seu pedido para uma carta de normas privadas (PLR, na sigla em inglês) em um possível acordo livre de impostos que poderia taxar o negócio em 23 bilhões de dólares.

As PLR's são requisitadas quando a companhia deseja confirmar se a perspectiva de transação pode resultar em uma obrigação de impostos.

Ao menos nove corretoras cortaram seus preços-alvo das ações da empresa, mas mantiveram suas recomendações inalteradas.

"Nós acreditamos que a possibilidade de um resultado fiscal positivo para a companhia diminui conforme mais tempo passa; isto permanece como o balanço central da avaliação do Yahoo", disseram analistas da Nomura Equity Research em nota.

As ações do Yahoo perderam mais de um quarto de seu valor no ano passado conforme a companhia luta para reviver seu principal negócio de anúncios online mas, ainda assim, analistas estão amplamente positivos, conectando muito do valor da companhia às suas ações da Alibaba e Yahoo Japan 4689.T.

(Por Fareha Khan)