Senadores dos EUA pedem detalhes à montadoras sobre cibersegurança

quarta-feira, 16 de setembro de 2015 17:11 BRT
 

BOSTON (Reuters) - Dois senadores norte-americanos pediram informações a grandes montadoras sobre os avanços na proteção carros contra ataques de hackers, conforme a atenção com a segurança de veículos aumenta após o primeiro recall de veículos por um defeito cibernético.

Os senadores democratas Edward Markey e Richard Blumenthal escreveram a 18 montadoras nesta quarta-feira perguntando sobre esforços para proteger veículos incluindo modelos 2015 e 2016. Eles perguntaram como elas testam componentes eletrônicos e sistemas de comunicação para garantir que hackers não consigam acesso aos sistemas de bordo.

Carros modernos em geral têm dúzias de pequenos computadores conectados a múltiplas redes externas, tornando-os vulneráveis a ciberataques similares aos feitos contra computadores tradicionais. Pesquisadores disseram que os hackers podem colocar vidas em risco se conseguirem remotamente o controle de componentes essenciais do veículo como freios e aceleração.

"Conforme veículos estão cada vez mais conectados à Internet e a outros carros através de serviços e ferramentas avançados, continuamos a ver se as tecnologias apresentam vulnerabilidades que podem comprometer a segurança e a privacidade de motoristas e passageiros", disse a carta dos senadores.

Os destinatários das cartas incluem BMW, Fiat Chrysler, Ford Motor, General Motors, Toyota Motor e Volkswagen.

(Por Jim Finkle)