Oi diz que contratou Rotschild para otimizar recursos de venda da PT Portugal, não para reestruturar dívida

segunda-feira, 21 de setembro de 2015 10:19 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A operadora Oi disse nesta segunda-feira em comunicado ao mercado que não há discussão em andamento sobre reestruturação de sua dívida e que não contratou nenhum banco para assessorá-la no assunto, negando notícia publicada por coluna da revista Veja.

A empresa de telecomunicações, porém, afirmou que contratou a Rotschild para ajudá-la a otimizar recursos recebidos na venda da PT Portugal SGPS, "com o objetivo de alongamento dos prazos e melhoria do perfil de endividamento da companhia".

(Por Priscila Jordão)