Livrarias alemãs buscam ação contra audiolivros da Amazon

segunda-feira, 21 de setembro de 2015 16:12 BRT
 

BERLIM (Reuters) - A associação de livrarias alemãs acusou a Amazon e sua subsidiária Audible nesta segunda-feira de construir um monopólio no setor de audiolivros, apresentando queixas à autoridade de competição da Alemanha e à Comissão Europeia.

A associação disse em comunicado que a Amazon e a Audible estavam abusando de sua posição dominante de mercado para forçar editores a aceitar "condições irracionais" para o mercado de audiolivros.

A entidade disse que mais de 90 por cento de todos os downloads de audiolivros na Alemanha são feitos via Audible ou sites da Amazon, ou via loja do iTunes, que é exclusivamente abastecida pela Audible.

"O modelo de negócios da Amazon e da Audible visa a destruir a excelente estrutura de comércio de livros na Alemanha. Estas companhias estão declaradamente no caminho para estabelecer um monopólio", disse o líder da associação, Alexander Skipis.

A Amazon não respondeu imediatamente aos pedidos de comentários.

A Comissão Europeia disse que avaliaria a queixa, observando que trabalhou perto das autoridades de competição nacionais como a existente na Alemanha para assuntos antitruste.

(Por Emma Thomasson; reportagem adicional por Foo Yun Chee)