Apple toma medidas para evitar futuros ataques à App Store

terça-feira, 22 de setembro de 2015 18:28 BRT
 

PEQUIM/BOSTON (Reuters) - Um executivo sênior da Apple disse nesta terça-feira que a companhia facilitará o download de suas ferramentas de desenvolvimento de aplicativos para programadores chineses, em uma tentativa de evitar mais ataques à App Store.

Após um ataque contra a loja de distribuição de aplicativos para iPhone e iPad, o diretor de marketing da Apple, Phil Schiller, disse ao site de notícias chinês Sina.com que a empresa vai oferecer downloads na China de seu software para desenvolvimento de aplicativos.

Ele fez o comentário depois da Apple ter confirmado no domingo que a App Store sofreu um primeiro ataque em larga escala. Hackers desconhecidos infectaram programas ao persuadir desenvolvedores de aplicativos a fazerem o download de uma cópia contaminada do software. Foi a primeira vez que um executivo da companhia falou sobre os esforços para garantir a segurança da App Store desde que o ataque veio à tona na semana passada.

Desenvolvedores de aplicativos chineses disseram à Reuters terem feito download do software contaminado a partir de fontes terceiras não oficiais, devido à baixa velocidade de download dos servidores da Apple oficiais localizados no exterior. Muitos reclamaram que a gigante de tecnologia norte-americana deveria fazer mais para apoiar desenvolvedores no segundo maior mercado da companhia.

Schiller também disse que a Apple planeja listar 25 aplicativos contaminados que a companhia identificou para que os usuários possam apagá-los e atualizá-los para novas versões, de acordo com o site chinês.