Partido Trabalhista britânico promete fazer Google pagar mais impostos

segunda-feira, 28 de setembro de 2015 19:15 BRT
 

BRIGHTON, Grã-Bretanha (Reuters) - O Partido Trabalhista britânico, de oposição, disse nesta segunda-feira que caso vença as próximas eleições irá forçar grandes corporações como Starbucks, Vodafone, Amazon e Google a pagar sua "fatia justa" de impostos para ajudar nas políticas de austeridade.

Em discurso que tinha como objetivo silenciar os críticos segundo os quais o Partido Trabalhista teria ido muito à esquerda sob a nova liderança, o porta-voz de finanças John McDonnell manteve um tom mais moderado do que anteriormente sobre questões como independência do banco central e tributação de transações financeiras.

"Precisamos provar ao povo britânico que podemos administrar a economia melhor que a elite rica que a comanda agora", disse na conferência anual de seu partido na cidade de Brighton.

"O plano do Partido Trabalhista para equilibrar as contas será agressivo. Teremos que forçar empresas como Starbucks, Vodafone, Amazon e Google e todas as demais a pagar sua fatia justa de impostos", declarou, sendo fortemente aplaudido.

Suas promessas atingiriam algumas das maiores corporações globais e podem causar preocupações em executivos que veem as políticas esquerdistas do líder do partido, Jeremy Corbyn, como uma ameaça à saúde da economia.

(Por William Schomberg)