Estado de Nova York terá 1º fábrica para produção em impressoras 3D de grande escala, dizem fontes

segunda-feira, 5 de outubro de 2015 16:38 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - O estado de Nova York investirá 125 milhões de dólares para construir a primeira instalação de impressoras 3D em escala industrial do mundo como parte de uma parceria público-privada com a norueguesa Norsk Titanium AS, segundo fontes com conhecimento do acordo.

A cerimônia de lançamento das obras da fábrica é esperada para o final de outubro ou novembro em Plattsburgh, Nova York, cerca de 160 milhas ao norte de Albany, capital do Estado, disseram as fontes, que não podem falar publicamente antes do anúncio oficial.

As fontes disseram que a instalação está programa para estar totalmente operacional até o final de 2016 quando estará apta a "imprimir" grandes componentes para fabricantes de peças de aeronaves e fabricantes de armamentos a um custo muito menor que os das atuais tecnologias.

A fabricação aditiva, ou impressão em 3D, é utilizada para construir objetos em 3D adicionando camadas de materiais como plástico, metais ou concreto.

A Norsk Titanium, também conhecida como NTi, não quis comentar. O SUNY Polytechnic Institute da Universidade de Nova York, que vai gerenciar o programa, não estava imediatamente disponível para comentários.

A NTi recebeu meia dúzia de ofertas de outros Estados para construir a instalação, mas finalmente escolheu Nova York, de acordo com as fontes. O local deve abrir com várias dezenas de grandes impressoras 3D, mas este número crescerá com o tempo, disseram.

NTi diz que sua tecnologia utiliza fio de titânio para fabricar componentes a um custo até 70 por cento menor do que as tecnologias atuais, e em cerca de 10 por cento do tempo. Os defensores da impressão 3D dizem que pode ajudar fabricantes de aeronaves cortar os custos de peças feitas de titânio, que custam sete vezes mais do que o alumínio.

(Por Andrea Shalal)