EMC terá que pagar US$2 bi caso rompa acordo com Dell

terça-feira, 13 de outubro de 2015 10:51 BRT
 

(Reuters) - A EMC disse que pagará à Dell 2 bilhões de dólares se seu acordo de cerca de 67 bilhões de dólares com a terceira maior fabricante mundial de computadores não avançar devido a uma oferta superior antes do dia 2 de dezembro.

O acordo de fusão recorde anunciado na segunda-feira inclui um prazo de 60 dias que permite à EMC solicitar ofertas de outras partes e pagar uma taxa de rompimento para a Dell se o acordo for fechado com outra companhia.

O acordo também requer que a Dell pague à EMC uma taxa de rompimento de 4 bilhões de dólares dentro de circunstâncias especificadas e, em certas instâncias, uma taxa alternativa de 6 bilhões de dólares, disse a EMC em um relatório regulatório.

(Por Devika Krishna Kumar em Bangalore)