Intel diz que negócio de data center deve crescer menos que o esperado

terça-feira, 13 de outubro de 2015 20:56 BRT
 

(Reuters) - A Intel cortou previsão de crescimento de receita para o seu negócio altamente rentável de fabricação de chips para centros de dados, com a redução de das empresas devido ao crescimento macroeconômico fraco.

A Intel disse nesta terça-feira que espera que o negócio de data centers deve crescer dois dígitos "baixos" em 2015, ante previsão anterior de alta de cerca de 15 por cento.

A Intel reportou queda de 6,3 por cento no lucro trimestral nesta terça-feira, pressionada pela continua fraqueza da demanda por chips usados em computadores pessoais.

O lucro líquido da companhia caiu para 3,11 bilhões de dólares, ou 0,64 dólar por ação, no terceiro trimestre encerrado em 26 de setembro, ante 3,32 bilhões, ou 0,66 dólar por ação, um ano antes. Analistas em média previam lucro de 0,59 dólar por ação.

A receita líquida caiu para 14,47 bilhões de dólares, ante 14,55 bilhões de dólares, disse a maior fabricante de chips do mundo. A estimativa média de analistas era de 14,22 bilhões de dólares.

Mas a fraca previsão de data center ofuscou o lucro e receitas melhores do que o esperado no terceiro trimestre.

A Intel também reduziu a despesa de capital 2015 pela terceira vez, a 7,3 bilhões de dólares, mais ou menos 500 milhões. A empresa informou que espera que a receita do quarto trimestre de 14,8 bilhões de dólares mais ou menos 500 milhões.

Analistas em média esperavam receita de 14,83 bilhões de dólares, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

A Intel disse que a receita de seu negócio de PCs caíu 7,5 por cento, a 8,51 bilhões de dólares no terceiro trimestre.   Continuação...