Thomson Reuters tem resultado acima do esperado no 3o trimestre

sexta-feira, 23 de outubro de 2015 14:01 BRST
 

(Reuters) - A Thomson Reuters publicou nesta sexta-feira receita de terceiro trimestre abaixo da expectativa do mercado devido em parte à valorização do dólar, mas o lucro da empresa de notícias e informações superou as estimativas de Wall Street.

A companhia teve lucro líquido de 293 milhões de dólares no terceiro trimestre, ou 0,36 dólar por ação, ante 250 milhões, ou 0,28 dólar por papel, no mesmo período do ano passado.

Em termos ajustados, o lucro foi de 0,52 dólar por ação. Analistas, na média, esperavam 0,49 dólar por papel, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

A Thomson Reuters, controladora da agência de notícias Reuters, compete por clientes do setor financeiro com a Bloomberg, assim como com a agência Dow Jones, da News Corp.

A companhia superou estimativa de lucro apesar da queda na receita, porque permaneceu focada em redução de custos, disse o analista da Sanford Bernstein, Claudio Aspesi. "Eles têm cortado os custos de forma muito agressiva", disse.

A margem do lucro operacional subiu para 19 por cento, ante 17,1 por cento um ano atrás.

A receita geral de negócios continuados caiu 4 por cento, para 2,98 bilhões de dólares, mas isso representou alta de 1 por cento excluindo os efeitos cambiais. Analistas esperavam 3,04 bilhões de dólares em faturamento, em média.

A receita da divisão Financial & Risk, que fornece notícias e dados analíticos a companhias de serviços financeiros, caiu 7 por cento, para 1,5 bilhão de dólares, ficando estável sem incluir os efeitos de câmbio. As vendas líquidas da unidade foram positivas em todas as regiões com exceção de Europa, Oriente Médio e África.

O presidente-executivo da Thomson Reuters, Jim Smith, afirmou que a companhia espera anunciar um substituto até o final do ano para Andrew Rashbass, que deixou o comando da Reuters News em abril deste ano.