Vendas da PT Portugal caem 9,4 por cento, para 579 mi euros no 3º trimestre

quarta-feira, 28 de outubro de 2015 16:38 BRST
 

LISBOA (Reuters) - As vendas da PT Portugal, detida pela Altice, caíram 9,4 por cento, para 579 milhões de euros, no terceiro trimestre de 2015, com o segmento empresarial penalizado pela instabilidade do mercado acionário.

A Altice, holding do magnata Patrick Drahi, que detém a francesa Numericable-SFR e várias operadoras internacionais, apontou os mercados francês e português como principais responsáveis pelo declínio global das receitas de 2,9 por cento, para 3,8 bilhões de euros.

Apesar da pressão sobre as receitas, o Ebitda (sigla em inglês para lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) da PT Portugal cresceu 12 por cento para 262 milhões de euros.

"O Ebitda subiu devido a economias significativas na manutenção da rede, tecnologia da informação e despesas gerais e administrativas", explicou a Altice.

A margem Ebitda melhorou 8,4 pontos percentuais para 45,2 por cento, os investimentos ficaram estáveis em 68 milhões de euros e o fluxo de caixa operacional subiu 16 por cento para 194 milhões de euros.

As receitas foram de 579 milhões de euros no terceiro trimestre de 2015, queda de 1,9 por cento ante o trimestre anterior.

(Por Daniel Alvarenga)