EUA pressionam por espectro para 5G, drones civis e rastreamento de voos

quinta-feira, 5 de novembro de 2015 18:38 BRST
 

GENEBRA (Reuters) - Os Estados Unidos querem um acordo global para realocar partes do espectro de rádio para a próxima geração de dispositivos móveis 5G, uma expansão dos drones civis e um sistema mundial de rastreamento de vôos, disse uma autoridade nesta quinta-feira.

Tom Wheeler, presidente do conselho da Comissão Federal de Comunicações dos EUA, disse a jornalistas que as potências mundiais terão que decidir se seguirão o exemplo dos EUA em alocar mais de seus espectro para telefonia móvel.

"A grande questão aqui é se os outros países participarão no sentido de atender a necessidade do espectro de maneira que produza economias com escala e escopo que permitam a maravilha do wireless e o poder verdadeiramente transformador que isto representa para indivíduos, sem falar em economias," ele disse.

Os Estados Unidos começarão a leiloar parte de seu espectro de VHF em março desse ano e desejam que outros de juntem para reduzir os custos para o negócio global.

O embaixador Decker Anstrom, líder da delegação dos EUA para a World Radiocommunication Conference, em Genebra, disse que havia uma "variedade de visões" dentre os delegados sobre o problema e outro debate sobre o espectro para drones civis, que devem se tornar um negócio de 80 bilhões dólares somente nos EUA na próxima década.

Drones civis podem monitorar incidentes como usinas nucleares, checando a segurança de óleodutos, observar a preservação da vida selvagem e ajudar na meteorologia, disse.

(Por Tom Miles)