Lucro principal da Telecom Italia cai 14,8% no ano até setembro

quinta-feira, 5 de novembro de 2015 21:10 BRST
 

MILÃO (Reuters) - A Telecom Italia divulgou nesta quinta-feira um recuo de 14,8 por cento em seu lucro principal para os primeiros nove meses do ano, afetada por encargos e deterioração do mercado no Brasil, considerado chave.

O maior grupo de telefonia da Itália disse que o Ebitda (sigla em inglês para lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) caiu para 5,6 bilhões de euros, em linha com o consenso de analistas de 5,65 bilhões de euros.

Excluindo os efeitos de encargos não recorrentes, o Ebitda caiu 4,8 por cento.

As vendas do ex-monopólio de telecomunicações, que agora está buscando novas fontes de lucro com a perda do apelo dos serviços tradicionais de telefonia em meio à competição de rivais da Internet, caíram 6,9 por cento, para 14,9 bilhões de euros, em linha com as previsões.

As vendas domésticas caíram 1,8 por cento para 11,13 bilhões de euros, mas a contração no período entre julho e setembro foi mais modesta do que em trimestres anteriores.

O grupo disse que seu desempenho operacional na Itália vai melhorar gradualmente este ano em linha com o plano de negócios 2015-17, enquanto busca reduzir custos e perseguir iniciativas comerciais centradas em dados na TIM para impulsionar a lucratividade nesta unidade.

(Por Agnieszka Flak)