Yandex, da Rússia, se queixa à UE contra o Google

sexta-feira, 13 de novembro de 2015 15:59 BRST
 

(Reuters) - O Yandex, maior buscador online da Rússia, disse nesta-feira que pediu à Comissão Europeia que investigue práticas do Google em relação ao sistema operacional Android na União Europeia.

A nova reclamação pode fortalecer o caso contra o Google, possivelmente dando munição suficiente para os reguladores antitruste da UE eventualmente acusarem a companhia por práticas de negócios anticompetitivas, a partir de acusações relacionadas ao serviço Google Shopping.

O pedido formal foi apresentado em abril e em grande parte reflete acusações da empresa russa contra a companhia norte-americana num caso antimonopólio da Rússia que a Yandex venceu.

A agência russa de defesa da concorrência entendeu em setembro que o Google havia infringido a lei por requerer a pré-instalação de seu aplicativo de busca em aparelhos móveis que adotam o sistema operacional Android.

"Achamos que a descoberta russa de abuso de dominância é instrutiva e conclui que pode ser prontamente adotada em outras jurisdições, incluindo a União Europeia", disse o Yandex.

"Esperamos que a Comissão Europeia ofereça ajuda restaurando a competição justa e garantindo igualdade de oportunidades para aplicativos móveis pré instalados em aparelhos com sistema Android não apenas para o Google, mas também para outros desenvolvedores", disse.

(Por Maria Kiselyova)