Angolana Unitel não espera crescimento em usuários de telefonia celular este ano

quarta-feira, 18 de novembro de 2015 11:09 BRST
 

CIDADE DO CABO, África do Sul (Reuters) - A maior operadora de telefonia celular de Angola, Unitel, não espera ver crescimento na base de usuários este ano, afirmou o presidente-executivo da companhia que tem entre os sócios a brasileira Oi.

O executivo citou como motivos o baixo gasto dos consumidores e uma economia que sofre com a queda dos preços do petróleo. "Não perdemos clientes, não ganhamos clientes, no final do ano eu espero que tenhamos o mesmo tamanho do ano passado", disse o presidente-executivo da Unitel, Tony Dolton, durante conferência do setor na Cidade do Cabo.