Resgate de US$5,5 bi para Sharp deve sair na semana que vem, dizem fontes

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016 11:10 BRST
 

TÓQUIO (Reuters) - Um fundo estatal japonês e credores da Sharp devem fechar acordo para um novo plano de resgate avaliado em cerca de 650 bilhões de ienes (5,5 bilhões de dólares) para a fabricante de telas até o próximo final d semana, disseram fontes nesta sexta-feira.

O plano representa o terceiro resgate da companhia, que também analisará uma proposta da taiuanesa Foxconn. O fundo estatal, chamado Innovation Network Corporation of Japan, é visto como principal candidato ao resgate da Sharp, já que o governo deverá preferir manter a tecnologia da empresa em mãos japonesas.

O INCJ está oferecendo investir 300 bilhões de ienes na Sharp, enquanto bancos devem oferecer até 350 bilhões de ienes em financiamento, incluindo 150 bilhões de ienes em troca de dívida por ações, disseram as fontes à Reuters.

A Foxconn, formalmente conhecida como Hon Hai Precision Industry, ofereceu mais de 600 bilhões de ienes para a Sharp, mas ainda não propôs nenhum plano detalhado de reestruturação para a companhia, disseram as fontes.

O INCJ planeja fundir os negócios de telas de cristal líquido (LCD) da Sharp com a rival Japan Display, na qual é a principal acionista, disseram as fontes.

Os principais executivos do fundo devem se reunir na semana que vem para confirmar sua participação no plano de resgate. Os credores da Sharp também querem dar à Foxconn uma oportunidade de fazer uma proposta mais detalhada, disseram as fontes.