HSBC diz que serviços na Internet sofreram interrupção após ciberataque

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016 16:28 BRST
 

LONDRES (Reuters) - O HSBC está trabalhando com agentes da lei para prender os responsáveis por ciberataque que forçou seus sites na Grã-Bretanha a se desligarem, a segunda grande interrupção nos serviços este mês, disse o banco nesta sexta-feira.

O maior banco da Europa disse que havia "defendido com sucesso" seu sistema contra um ataque distribuído de negação de serviços (DDoS), mas estava passando por novas ameaças, impedindo a restauração completa de seus serviços.

"Os serviços do HSBC via Internet e aparelhos móveis se recuperaram parcialmente e continuaremos a trabalhar para restabelecer o serviço completo", disse o diretor de operações na Grã-Bretanha John Hackett, em declaração.

"Estamos monitorando de perto a situação com as autoridades", ele adicionou.

A interrupção começou na manhã desta sexta-feira e os serviços online ainda não estavam funcionando às 14h30 (horário de Brasília)

O HSBC não quis estimar quando os serviços online podem retornar. Seu Twitter dizia que todas as grandes agências abririam no sábado para ajudar com transações urgentes.

(Por Sinead Cruise; reportagem adicional por Simon Jessop)