Receita trimestral dececpcionante da Lenovo derruba ações

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016 17:50 BRST
 

HONG KONG (Reuters) - A chinesa Lenovo teve lucro líquido trimestral acima das estimativas, mas também queda de receita em meio à desaceleração na demanda global por computadores pessoais e no mercado de smartphones, fazendo suas ações caírem 11 por cento.

O presidente executivo da Lenovo, Yang Yuanqing, reiterou a transição da empresa para mercados emergentes fora da China continental, como Índia e Sudeste Asiático, para enfrentar a queda nas vendas em casa, conforme o então pujante mercado de smartphones ficou saturado.

"Não significa que estamos desistindo do mercado chinês, mas acreditamos que, uma vez que construímos uma sólida fundação nos mercados globais, temos uma chance melhor de reconquistar a China", disse Yang a repórteres.

A maior fabricante de computadores pessoais e quinta maior vendedora de smartphones do mundo registrou queda de 8 por cento na receita trimestral, a 12,9 bilhões de dólares, devido a desaceleração da demanda global por computadores e fracas vendas de smartphones. O lucro líquido subiu para 300 milhões de dólares, ante 253 milhões de dólares um ano antes.

Os números se comparam com a estimativas média de receita de 13,19 bilhões de dólares e 226,4 milhões de dólares de lucro líquido feitas por analistas pesquisados pela Thomson Reuters.

(Por Yimou Lee)