Prejuízo da Wix.com cai no 4º tri; mas crescimento de receita será mais lento em 2016

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016 16:51 BRST
 

JERUSALÉM (Reuters) - O Wix.com, que ajuda pequenas empresas a desenvolver e operar sites, espera um crescimento de vendas ligeiramente mais lento este ano, com a empresa divulgando um prejuízo menor que o esperado para o quarto trimestre, ajudada por conversões de clientes para produtos pagos.

A companhia israelense informou que espera que o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) em 2016 fique entre 27 milhões e 30 milhões de dólares sob receita de 270 milhões a 274 milhões de dólares. Isso significa que o lucro vai dobrar e a receita vai crescer até 35 por cento.

O Wix divulgou Ebitda de 14,7 milhões de dólares para 2015, após a receita ter crescido 43 por cento, para 203,5 milhões de dólares.

A empresa teve prejuízo de 0,13 dólar por ação no quarto trimestre excluindo eventos não recorrentes, ante perda de 0,25 dólar um ano antes, e a receita cresceu 37 por cento, para 56,8 milhões de dólares.

O Wix oferece ferramentas básicas gratuitas para montagem de sites, mas os usuários precisam pagar por serviços extras como carrinhos de compra, endereços próprios na Web e análise de tráfego de sites.

Lior Shemesh, diretor financeiro do Wix, disse que a conversão dos serviços gratuitos para os pagos cresceu, com a companhia adicionando novos produtos.

No quarto trimestre, a empresa adicionou 4,7 milhões de usuários registrados a uma base de 77 milhões, informou a empresa. Deste total, a empresa adicionou 125 mil usuários pagantes, chegando a 1,77 milhão.