Adolescente britânico é preso suspeito de hackear chefe da CIA

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016 19:23 BRST
 

WASHINGTON (Reuters) - Um adolescente de 16 ans na Grã- Bretanha foi preso por acusações relacionadas a queixas de ataques a contas de e-mail usadas pelo diretor da CIA John Brennan e outras autoridades dos Estados Unidos, de acordo com fontes britânicas e norte-americanas familiarizadas com as investigações.

Uma porta-voz da polícia britânica de Thames Valley disse que na terça-feira, um esquadrão local para crime organizado havia prendido o jovem não identificado na região de East Midlands, na Inglaterra, por "suspeitas de conspiração para obter acesso não autorizado a materiais do computador" e crimes semelhantes.

A declaração da polícia não identifica o jovem, mas diz que foi liberado sob fiança até 6 de junho. A declaração da polícia também não identifica os alvos de qualquer alegação de ataque do jovem.

No entanto, fontes de ambos os lados do Atlântico familiarizadas com o caso disseram que acredita-se que o hacker preso tenha sido envolvido no ataque à conta particular de e-mail de Brennan.

Ele também pode estar envolvido no ataque a outras autoridades norte-americanas e divulgação de nomes e informações de contato de milhares de funcionários do FBI e do Departamento de Segurança Nacional dos EUA.

A CIA e o Departamento de Justiça não quiseram comentar. O Departamento de Segurança Interna não respondeu imediatamente aos pedidos de comentários.

(Por Mark Hosenball)