Contas do Google mostram que 11 bilhões de euros foram transferidos para unidade nas Bermudas em 2014

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016 18:03 BRST
 

AMSTERDÃ/LONDRES (Reuters) - O Google transferiu 10,7 bilhões de euros dos Holanda para as Bermudas em 2014, como parte de uma estrutura que permite que a empresa aproveite ao máximo sua receita estrangeira livre de impostos.

Dados contábeis da Google Netherlands Holdings divulgados na quinta-feira mostram que a unidade transferiu quase toda a sua receita, gerada principalmente por royalties, de uma afiliada irlandesa pela qual a maior parte do faturamento da empresa fora dos Estados Unidos é canalizado. Os recursos foram remetidos para uma afiliada registrada na Irlanda, mas com sede nas Bermudas chamada Google Ireland Holdings.

A estratégia fiscal é conhecida como "double Irish, Dutch Sandwich", algo como "sanduíche duplo Irlanda-Holanda". Ela permite que o Google, agora uma unidade da controladora Alphabet, evitar impostos nos Estados Unidos ou retenção de fundos na Europa.

Um porta-voz do Google disse que a empresa segue as leis fiscais em todos os países em que opera.

O arranjo de uma década permitiu que a Alphabet desfrutasse de uma taxa de impostos efetiva de somente 6 por cento sobre seus lucros obtidos fora dos EUA no ano passado, cerca de um quarto da média em seus mercados no exterior.

As Bermudas não cobram imposto de renda de companhias.

Estratégias tributárias têm estado no topo da agenda política da Europa nos últimos e o Google em particular tem sido pressionado pelo baixo nível de imposto que paga sobre lucro gerado com vendas no continente.

Na semana passada, o Google foi chamado para prestar depoimento em uma comissão do parlamento britânico sobre uma conta de impostos de 130 milhões de libras (186 milhões de dólares) acertada com autoridades do país em janeiro mas que o Partido Trabalhista descreveu como "ridícula".

A Google Netherlands Holdings NV, que não tem funcionários, teve uma conta de impostos na Holanda de 2,8 milhões de euros, segundo os dados divulgados.