Amazon abrirá rede de armários para entregas de produtos na Europa

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016 18:12 BRST
 

BERLIM (Reuters) - A Amazon.com quer montar uma rede de compartimentos de entrega ao redor da Europa para permitir que as pessoas coletem suas próprias encomendas em uma estratégia da empresa para ampliar opções de entrega e cortar custos.

A Amazon já administra seus próprios armários nos Estados Unidos e Grã-Bretanha, que são locais onde clientes utilizam um código único para obter retirar sua encomenda.

A maior empresa de comércio eletrônico do mundo divulgou vários anúncios de emprego nas últimas semanas que sugerem que deseja uma variedade maior de opções de coleta, incluindo armários, na Europa continental.

Na Alemanha, o segundo maior mercado da Amazon, os pedidos são entregues em residências ou armários da alemã Deutsche Post, ou em lojas que tenham acordos com a empresa de logística Hermes.

Os novos postos de trabalho incluem cargos de gestão de desenvolvimento para o Amazon Locker em Munique e Paris, gestão de operações técnicas na União Europeia para o Locker em Luxemburgo e cargos de gestão de desenvolvimento de redes em Luxemburgo, Munique e Paris.

Uma porta-voz da Amazon disse que "a Amazon está constantemente trabalhando para desenvolver novos serviços para clientes".