Virgin Galactic estreia nova nave para passageiros

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016 20:52 BRST
 

MOJAVE, Califórnia (Reuters) - A Virgin Galactic, venture de Richard Branson, está preparada para lançar sua nova nave espacial para passageiros nesta sexta-feira, quase 16 meses após um acidente fatal que destruiu sua nave irmã durante um teste sobre o deserto de Mojave na Califórnia.

Na aparência, a nova é quase idêntica à que foi perdida em 31 de outubro de 2014. O acidente foi atribuído a um erro do piloto e descuidos da Scaled Composites, divisão do grupo Northrop Gumman, que projetou, construiu e testou o primeiro veículo, conhecido como SpaceShipTwo.

A The Spaceship Company, unidade própria de fabricação da Virgin Galactic, já estava em construção adiantada da segunda SpaceShipTwo da frota quando o acidente ocorreu.

A maior diferença entre os dois veículos é a adição de um pino para evitar que o piloto destrave a seção de cauda de giro da nave muito antes da descida, o que causou o rompimento da primeira nave, disse o presidente-executivo da Galatic, George Whitesides.

A nave para dois pilotos e seis passageiros é projetada para atingir altitudes de 100 km acima do planeta, fornecendo alguns minutos de ausência de gravidade e uma visão da Terra contra a escuridão do espaço. Quase 700 pessoas se inscreveram para passeios, que custam 250 mil dólares cada.

(Por Irene Klotz)