Lançamentos 5G da Nokia podem vir já em 2017, diz presidente

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016 10:31 BRT
 

Por Eric Auchard

BARCELONA (Reuters) - A fabricante de equipamentos para telefonia móvel Nokia vê a mudança para a próxima geração de rede 5G estreando bem antes de 2020, quanto muitos no setor consideram que as atualizações no mercado de massa vão começar, disse o presidente-executivo da companhia, Rajeev Suri, nesta segunda-feira.

Suri disse que a companhia planeja acelerar o investimento na tecnologia 5G em 2016, e que as vendas de equipamentos 5G prontos para atualizações futuras podem começar já em 2017.

"O 5G vai acontecer mais rápido do que esperado. Isso pode surpreender alguns", declarou Suri em uma audiência incluindo investidores antes do Mobile World Congress em Barcelona, neste fim de semana.

Suri disse que em contraste com os antigos grandes ciclos de lançamentos de equipamentos do passado, o 5G vai demandar muitas atualizações de equipamentos antes de alguns padrões-chave do 5G serem formalizados, como esperado, em 2018 e 2019.

"O ano de 2020 é provavelmente onde nós veremos alguns lançamentos de volume global", disse Suri, mas acrescentou: "Vamos começar a ver muita ação antes de 2020, em 2017, 2018, 2019."

A demanda para equipamentos 4G atingiu um pico em 2015, após maciços lançamentos de redes na China, maior mercado de telefonia móvel do mundo, e alguns analistas estão preocupados que a Nokia pode sofrer anos de vendas declinantes ou estáveis até que o 5G se firme no final desta década.

Diferente das tecnologias anteriores 2G, 3G e 4G, que eram focadas em chamadas de voz, texto, imagens e vídeo para celulares e computadores, o 5G também vai conectar carros, cidades, fábricas e agricultura na chamada "Internet das Coisas".