Espanhola Telefónica vê crescimento de 4% da receita neste ano

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016 08:10 BRT
 

MADRI (Reuters) - O grupo de telecomunicações espanhol Telefónica espera aumentar em mais de 4 por cento sua receita em 2016, estabilizar sua margem de lucro e pagar seus dividendos totalmente em dinheiro após completar a venda da unidade britânica O2, disse a companhia nesta sexta-feira.

Sua receita cresceu 8,7 por cento no ano passado para 47,2 bilhões de euros, ajudada pelas operações na Alemanha e na América Latina, além de melhora no seu mercado doméstico. Ainda assim, seu lucro principal caiu mais que o esperado, em 17,2 por cento, para 11,41 bilhões de euros, prejudicado por itens não recorrentes.

Excluindo 3,5 bilhões de euros em custos de reestruturação, o lucro principal teria aumentado 3,6 por cento, disse.

Tendo passado os últimos quatro anos se reorganizando em torno de menos negócios, mas mais fortes, e cortando sua dívida, a Telefónica ainda encara o legado da profunda crise econômica da Espanha.

A companhia registrou um encargo de 2,9 bilhões de euros no último trimestre de 2015 para financiar seu plano de corte de pessoal. Ela também teve 256 milhões de euros em encargos relacionados à reestruturação das operações na América Latina, Alemanha, Espanha e outros países, fazendo outro ajuste contábil de 23 milhões de euros e separando 325 milhões de euros para financiar sua fundação.

Sua dívida continua uma preocupação, mas ficou estável em 49,9 bilhões de euros em 31 de dezembro.

(Reportagem por Julien Toyer e Andres Gonzalez)