Diretora de agência de alta tecnologia dos EUA pretende superar Tesla

quarta-feira, 2 de março de 2016 16:16 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - Uma unidade do Departamento de Energia dos Estados Unidos focada em tecnologias inovadoras pode dar em breve uma competição desafiadora à mais recente incursão em armazenamento de energia do empreendedor bilionário Elon Musk.

A Agência de Projetos de Pesquisa Avançados-Energia, (Arpa-E), que financia inovações destinadas a transformar os mercados de energia, fez vários progressos nos últimos anos na próxima geração de baterias que podem tornar carros elétricos e energia renovável mais baratos e acessíveis, disse a diretora da agência, Ellen Williams.

A divisão de baterias da Tesla Motors, de Musk, teve lucro no quarto trimestre, após as primeiras vendas de produtos recarregáveis ajudarem a reduzir prejuízos do negócio de veículos. Suas baterias Powerwall armazenam energia que casas e pequenos negócios geram com painéis solares. O modelo Powerpack é projetado para instalações comerciais maiores.

Williams disse que sua agência ajudou a impulsionar uma dezena de projetos de alto risco baseado em tecnologias mais novas que podem, em breve, superar as baterias da Tesla.

"O que Musk fez de criativo e importante é guiar a curva de aprendizado. Ele decidiu pegar uma tecnologia boa e poderosa de baterias já existente e começar a produzir em escala muito grande", disse ela.

"Mas não é inovação tecnológica no sentido de criar novas formas de fazê-lo. Estamos muito convencidos de que algumas de nossas tecnologias têm o potencial de ser significativamente melhores", disse Williams.

A Arpa-E receberá um impulso enorme após os EUA e mais 19 países lançarem a Missão Inovação na conferência do clima das Nações Unidas no fim de 2015. Os governos se comprometeram a dobrar investimentos em pesquisas e desenvolvimento de energias limpas. Os EUA ampliarão seu orçamento para pesquisa e desenvolvimento para 12,8 bilhões de dólares até 2021.

(Por Valerie Volcovici)