Empresas de tecnologia se unem para apoiar Apple em disputa com governo dos EUA

quinta-feira, 3 de março de 2016 17:53 BRT
 

(Reuters) - Google, Facebook, Microsoft e cerca de 12 outras empresas de Internet apresentarão documento legal conjunto nesta quinta-feira pedindo que um juiz apoie a Apple na disputa sobre criptografia com o governo dos EUA, disseram fontes familiarizadas com os planos das empresas.

Elas vão destacar motivos para apoio num documento como amicus curiae para o juiz federal de Riverside, Califórnia, que julgará o apelo da Apple sobre solicitação do tribunal que forçaria a empresa a criar um software para desbloquear um iPhone relacionado ao tiroteio de San Bernardino, em dezembro.

Os grupos que militam em favor da privacidade de dados The American Civil Liberties Union, Access Now e Wickr Foundation apresentaram documentos na quarta-feira em apoio à Apple antes do prazo desta quinta-feira determinado pela juíza Sheri Pym.

Salihin Kondoker, cuja esposa Anies Kondoker foi ferida no ataque, também escreveu defendendo a Apple, dizendo que compartilha o temor da empresa de que o software que o governo deseja que a Apple crie para desbloquear o telefone possa ser usado para invadir milhões de outros telefones.

"Eu acredito que privacidade é importante e a Apple deve se manter firme em sua decisão", disse a carta. "Nem eu, nem minha esposa, queremos criar nossos filhos em um mundo em que a privacidade seja negociada pela segurança."

(Por Jim Finkle; reportagem adicional por Dustin Volz, Dan Levine e Sarah McBride)

 
26/02/2016. REUTERS/Regis Duvignau