Agência de segurança rodoviária dos EUA quer detalhes sobre batida de carro do Google

quinta-feira, 10 de março de 2016 14:36 BRT
 

Por David Shepardson

WASHINGTON (Reuters) - O órgão regulador de segurança automotiva dos Estados Unidos disse nesta quinta-feira que a agência está buscando detalhes adicionais sobre a recente batida de um carro sem motorista pertencente ao Google, da Alphabet, na Califórnia.

O chefe da Administração Nacional de Segurança no Tráfego Rodoviário (NHTSA), Mark Rosekind, disse à Reuters paralelamente a um evento sobre segurança rodoviária que a agência está coletando mais informações para obter um "entendimento mais detalhado do que exatamente aconteceu".

Um carro sem motorista do Google bateu em um ônibus municipal em Mountain View, na Califórnia, em um pequeno acidente em 14 de fevereiro. A empresa afirma que tem "alguma responsabilidade" pelo incidente, no que pode ser a primeira batida da qual o veículo sem motorista foi o culpado.

Rosekind disse ter falado com funcionários do Google na quarta-feira e que a companhia tem sido "muito acessível" ao responder pedidos de detalhes sobre o ocorrido. "Precisamos ver o que está acontecendo", disse Rosekind.

Um porta-voz do Google não respondeu imediatamente um pedido de comentários.

Autoridades de segurança norte-americanas disseram em janeiro que estão trabalhando em novas orientações sobre veículos sem motoristas que esperam divulgar em julho. Rosekind disse que entender a batida do carro do Google é importante nesse processo.