Vivendi aumenta parcela de ações na Telecom Italia e se aproxima de limite para aquisição

sexta-feira, 11 de março de 2016 19:52 BRT
 

MILÃO (Reuters) - O grupo francês de mídia Vivendi aumentou sua participação acionária na Telecom Italia para 24,9 por cento, logo abaixo do limite de 25 por cento que a forçaria a lançar uma oferta de aquisição, de acordo com um documento apresentado às autoridades dos Estados Unidos.

A Vivendi tinha anteriormente 23,8 por cento do grupo de telefonia italiano e mais do que triplicou sua participação em menos de um ano, conforme a empresa marca sua autoridade na companhia.

Fontes dizem que a empresa não deve comprar mais ações, pelo menos no curto prazo, porque a posse de 24,9 por cento dá o controle de fato da empresa, como a maior acionista sem os custos de uma aquisição.

Um documento apresentado ao órgão regulador de valores mobiliários dos EUA disse que a Vivendi comprou mais ações da Telecom Italia no mercado entre 1º e 9 de março.

Um documento enviado separadamente pela Telecom Italia disse que a Vivendi gastou um total de 145,3 milhões de euros para comprar as ações, pagando entre 0,9142 euro e 1,0309 euro por ação. As ações da Telecom Italia fecharam nesta sexta-feira a 1,0420 euro.

A Vivendi, que tem quatro assentos no conselho de 17 membros da Telecom Italia, não quis comentar.

(Por Silvia Aloisi)