Vendas de smartphones no Brasil devem cair 13% em 2016, diz IDC

segunda-feira, 14 de março de 2016 16:51 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O mercado de celulares inteligentes do Brasil deve apresentar recuo de 13 por cento nas vendas em 2016, a 41 milhões de aparelhos, informou nesta segunda-feira a empresa de pesquisa de mercado IDC.

A previsão de queda ocorre após retração de 13,4 por cento nas vendas em 2015, com a comercialização de 47 milhões de aparelhos, devido principalmente à alta do dólar, que encareceu componentes importados dos dispositivos e gerou repasses ao consumidor, afirmou a IDC.

"Foi um ano muito difícil para a economia e até o mercado de smartphones (...) acabou impactado, principalmente por conta da alta do dólar. Mesmo com alguns fabricantes nacionais apostando no mercado de celulares, os insumos são importados e, ao longo do ano, foi necessário fazer de três a quatro repasses nos preços dos aparelhos", disse o analista Leonardo Munin, da IDC, em comunicado à imprensa.

Além da queda no número de aparelhos, o Brasil terminou 2015 com recuo de 8,2 por cento no número de linhas celulares ativas, uma redução de 23 milhões de acessos.

(Por Natália Scalzaretto)