EUA acusarão Irã em ciberataques contra bancos e barragem em NY, dizem fontes

quarta-feira, 23 de março de 2016 21:11 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - O governo Obama deve culpar hackers iranianos na quinta-feira por coordenar uma campanha de ciberataques em 2012 e 2013 a vários bancos dos Estados Unidos e uma barragem em Nova York, disseram fontes familiarizadas com o assunto à Reuters.

O Departamento de Justiça preparou uma acusação contra cerca de meia dúzia de iranianos, disseram as fontes, que falaram em condição de anonimato devido à sensibilidade do assunto. Esta é uma das acusações de maior destaque feita pelos EUA contra um país estrangeiro por ataques de hackers.

As acusações, relacionadas ao acesso ilegal a computadores e outras alegações de crimes, devem ser anunciadas publicamente por autoridades norte-americanas na manhã de quinta-feira, em uma coletiva de imprensa em Washington, disseram as fontes.

O indiciamento deve ligar diretamente a campanha de ataques ao governo iraniano, disse uma fonte. Os bancos não serão identificados na acusação devido a temores de retaliação, disse a fonte.

Todos os hackers que devem ser identificados na acusação moram no Irã, disse uma fonte.

O Departamento de Justiça não quis comentar.

(Por Dustin Volz, Nate Raymond e Jim Finkle; reportagem adicional por Mark Hosenball)