Netflix admite reduzir qualidade de vídeo em celulares de algumas operadoras nos EUA

segunda-feira, 28 de março de 2016 11:53 BRT
 

(Reuters) - A Netflix tem reduzido a qualidade de vídeo para clientes de operadoras celulares norte-americanas como AT&T e Verizon Communications há mais de cinco anos, publicou o The Wall Street Journal.

A companhia também informou que não reduziu a qualidade de vídeos aos usuários das operadoras T-Mobile US e Sprint porque as empresas têm "políticas mais amigáveis aos consumidores", publicou o jornal.

Em resposta a pedidos de comentários, a Netflix informou que limitou globalmente a qualidade de vídeo para usuários de operadoras celulares a 600 quilobits por segundo. A restrição ocorreu para proteger os consumidores de excederem seus planos de dados, afirmou a empresa.

A Netflix também afirmou que vai introduzir um recurso de economia de dados que vai permitir com que os usuários tenham mais controle sobre o uso de dados quando estiverem utilizando o serviço por meio de redes de operadoras de telefonia móvel.

O novo recurso deve ser disponibilizado em maio, acrescentou a empresa.

(Por Amrutha Penumudi e Rishika Sadam, em Bangalore, Índia)