Presidente do Conselho da espanhola Telefónica renuncia, vice assumirá cargo

terça-feira, 29 de março de 2016 17:37 BRT
 

MADRI (Reuters) - O presidente do Conselho de Administração da espanhola Telefónica, Cesar Alierta, renunciará após 16 anos e será substituído pelo seu vice, José María Álvarez-Pallete, disse a companhia nesta terça-feira, buscando abrir uma nova era de crescimento digital.

Alierta, que assumiu o cargo em 2000 com o estouro da bolha do setor de tecnologia, recebeu o crédito de transformar o antigo monopólio em uma gigante de telecomunicações com presença global.

Durante seu mandato, a Telefónica foi a primeira empresa espanhola a chegar à marca de 100 bilhões de euros em valor de mercado, em 2007, embora esse nível tenha caído para 48 bilhões de euros conforme a companhia passou os últimos anos vendendo ativos e reduzindo seu alto endividamento.

Álvarez-Pallete, que se juntou à empresa em 1999, foi apontado como vice de Alierta em 2012, e compõe o conselho da Telefónica desde 2006.

Ele é o principal homem por trás da estratégia da empresa de se transformar em um dos principais competidores digitais através de investimentos em redes de Internet de altíssima velocidade e conteúdo premium de televisão, o que tem ajudado o grupo a voltar a crescer.

O conselho da Telefónica irá discutir sua indicação como novo presidente em sua próxima reunião no dia 8 de abril.

Alierta, que tem 70 anos, continuará com um assento no conselho.

(Reportagem por Jesús Aguado e Julien Toyer)

 
Cesar Alierta, em apresentação anual de resultados da Telefónica em 2015, na sede da empresa, em Madrid, Espanha. 26 de fevereiro de 2016. REUTERS/Juan Medina