Hackers violam redes de computadores de grandes escritórios de advocacia dos EUA, diz WSJ

quarta-feira, 30 de março de 2016 13:58 BRT
 

(Reuters) - Hackers invadiram redes de computadores de alguns grandes escritórios de advocacia dos Estados Unidos, incluindo do Cravath Swaine & Moore e do Weil Gotshal & Manges, noticiou o Wall Street Journal na terça-feira.

Investigadores federais estão procurando descobrir se alguma informação confidencial foi roubada para usar como informação privilegiada, já que estes escritórios representam bancos de Wall Street e grandes companhias, disse o jornal, citando pessoas familiarizadas com o assunto.

Outros escritórios de advocacia também foram alvos, mas a investigação ainda não chegou a nenhuma informação clara sobre que detalhes foram roubados, noticiou o jornal.

Hackers ameaçaram em publicações na Internet realizar mais ataques, segundo o jornal.

(Reportagem de Sneha Teresa Johny em Bengaluru)