Telefónica vai suspender serviço de chamadas internacionais na Venezuela

sexta-feira, 8 de abril de 2016 17:34 BRT
 

CARACAS (Reuters) - A Telefónica vai suspender neste mês o serviço de ligações internacionais na Venezuela, disse a subsidiária local da empresa espanhola nesta sexta-feira, em meio a uma crescente escassez de divisas que tem limitados os investimentos em telefonia.

A subsidiária Movistar, a segunda maior operadora de telefonia móvel da Venezuela, no ano passado restringiu as chamadas internacionais para apenas 10 países, devido às dificuldades crônicas de obter dólares no sistema de controle cambial do país exportador de petróleo.

A Movistar disse na sexta-feira que o serviço a esses 10 países será "temporariamente" suspenso a partir de 15 de abril.

A empresa nos últimos meses tem procurado elevar as tarifas de roaming e chamadas internacionais para compensar a inflação de três dígitos.

Mas o regulador venezuelano do setor de telecomunicações Conatel, que controla as tarifas que as operadoras de telecomunicações podem cobrar por serviços, rechaçou as propostas.

Conatel esta semana reconheceu que a falta de moeda forte levou "ao cancelamento de contratos de natureza internacional".

(Por Brian Ellsworth)