Próximas fronteiras do Facebook são chatbots e vídeo ao vivo

terça-feira, 12 de abril de 2016 16:58 BRT
 

SAN FRANCISCO, Estados Unidos (Reuters) - O Facebook afirmou nesta terça-feira que vai permitir que desenvolvedores de programas criem robôs de conversa, ou "chatbots" para seu aplicativo Messenger, para permitir que usuários se comuniquem diretamente com empresas.

Os chatbots marcam a estratégia do Facebook para tornar o Messenger o aplicativo utilizado por usuários para contactar empresas, em vez de telefone e sites de terceiros.

"Você nunca mais terá que ligar para um 0800 de novo", disse o presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, durante demonstração do funcionamento dos chatbots.

Durante a conferência anual para desenvolvedores da empresa em San Francisco, Zuckerberg também anunciou que o produto de vídeo ao vivo, o Facebook Live, está aberto a desenvolvedores interessados em criar novas ferramentas conforme a rede social encoraja seus 1,6 bilhão de usuários a compartilharem mais conteúdo original.

Na semana passada, o Facebook deu o mais significativo passo até agora em vídeo online ao dar ao produto um destaque mais proeminente em seu aplicativo e lançar funções que tornam mais simples criar e encontrar algum vídeo. A rede social também está pagando celebridades e companhias de mídia para fornecerem vídeo para acelerar o crescimento do Facebook Live contra rivais como Periscope, do Twitter, e Snapchat.

(Por Yasmeen Abutaleb)