Comissária europeia de defesa da concorrência deve acusar o Google na quarta-feira, dizem fontes

terça-feira, 19 de abril de 2016 13:34 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - A comissária europeia de defesa da concorrência deve acusar o Google na quarta-feira, em um caso envolvendo o sistema operacional Android, afirmaram duas fontes com conhecimento do assunto.

As acusações da União Europeia abrem um segundo front na batalha entre a Comissão Europeia e o Google, expondo a companhia ao risco de pesadas multas e de ter que fazer mudanças radicais na sua forma de negócios.

O Google já se defende de acusações da UE de que promove seu próprio serviço de shopping online em buscas feitas pelos usuários de seu mecanismo de pesquisa em detrimento de produtos rivais, um caso que tem se arrastado desde 2010.

Com receitas estimadas em 11 bilhões de dólares geradas por venda de anúncios em celulares Android equipados com aplicativos do Google como mapas, busca e email, os riscos são altos para a companhia norte-americana.

A comissária para concorrência da UE, Margrethe Vestager, disse na segunda-feira que estava preocupada com a possibilidade do Google estar favorecendo seus aplicativos ao exigir que fabricantes de celulares e operadoras de rede os pré-instalem nos aparelhos, o que prejudicaria competição de aplicativos rivais.

O porta-voz da Comissão Europeia e o representantes do Google não comentaram o assunto.

(Por Foo Yun Chee)

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447753)) REUTERS AAJ RBS