Ação da Alphabet cai após resultado mas corretoras seguem otimistas

sexta-feira, 22 de abril de 2016 14:31 BRT
 

(Reuters) - Ruth Porat não poderia ter sido mais clara: a vice-presidente financeira da Alphabet disse na quinta-feira que a controladora do Google precisa elevar investimentos para aumentar o tráfego de dados.

Analistas concordam. Investidores não estavam tão certos.

As ações da Alphabet caíam 5,9 por cento às xxh no horário de Brasília, após o resultado da empresa ficar abaixo do estimado, principalmente porque a empresa gastou mais para elevar o tráfego para seus serviços de publicidade móvel.

Analistas, contudo, focaram no aumento de 20 por cento da receita dos sites do Google, métrica importante que atendeu à maior parte das expectativas.

"Quando o aquém do esperado é mais manchete do que realidade. E tendências fundamentais são intrinsecamente impressionantes. E o valor das ações é atrativo. É quando você compra", disse o analista da RBC Capital Markets Mark Mahaney em nota a clientes.

Analistas do Susquehanna Financial concordaram. "Embora os principais números tenham ficado abaixo de expectativas, o número principal de receita estava bom", escreveram.

Diversas corretoras, incluindo a Susquehanna, reduziram os preços-alvos para a ação da Alphabet, mas mantiveram a recomendação de "compra".

A Alphabet disse que receita consolidada aumentou para 20,26 bilhões de dólares ante 17,26 bilhões de dólares um ano antes, dado levemente abaixo dos 20,37 bilhões de dólares do consenso entre analistas, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S. O lucro por ação de 7,50 dólares ficou abaixo da projeção dos analistas de 7,97 dólares.

(Por Supantha Mukherjee e Tenzin Pema)