Microsoft e Google desistem de acusações sobre competição

sexta-feira, 22 de abril de 2016 16:13 BRT
 

(Reuters) - Microsoft e Google chegaram a um acordo para retirarem todas as queixas em que se acusam de violação de regras de defesa da concorrência, afirmaram ambas as empresas à Reuters nesta sexta-feira.

"A Microsoft aceitou retirar suas queixas regulatórias contra o Google, refletindo nossa mudança de prioridades legais. Vamos continuar a nos concentrar em competir vigorosamente por negócios e clientes", disse um porta-voz da Microsoft.

O Google, em um email separado, disse que as empresas querem competir vigorosamente com base nos méritos dos seus produtos, não em "processos judiciais".

As empresas em setembro concordaram em encerrar todos os litígios de violação de patente uma contra o outra, envolvendo 18 casos nos Estados Unidos e na Alemanha.

"... Seguindo nosso acordo de patentes, concordamos em retirar as queixas de regulamentação contra o outro", disse o Google nesta sexta-feira.

Rivais do Google buscaram os reguladores dos EUA, alegando que a empresa de serviços de Internet usa seu sistema Android de forma inadequada para ganhar publicidade online, disseram fontes com conhecimento do assunto à Reuters no ano passado.

A Comissão Europeia acusou também o Google no ano passado de distorcer resultados de busca na Internet para favorecer o seu serviço de compras, prejudicando rivais e consumidores.