Índia rejeita plano da Apple para importar iPhones usados

quinta-feira, 5 de maio de 2016 16:03 BRT
 

MUMBAI (Reuters) - A Índia rejeitou um plano da Apple para importar iPhones usados, disseram duas autoridades do Ministério de Telecomunicações do país, um golpe para a gigante norte-americana que tem buscado reviver as vendas, em queda, de seu smartphone carro-chefe.

A Apple vende o que chama de iPhones remanufaturados com desconto em alguns países, incluindo os Estados Unidos. Estender essa prática para a Índia ajudaria a aumentar sua parcela em um dos mercados de smartphones com crescimento mais rápido no mundo, contra competidores com ofertas muito mais baratas.

Mas a Índia, que está apoiando uma iniciativa "Feito na Índia" para impulsionar a competitividade de seu setor industrial rejeitou a proposta citando regras contra a importação de eletrônicos usados, disse uma autoridade sênior do Ministério das Comunicações e Tecnologia da Informação, que participou do processo de revisão.

"Esta foi uma das propostas que a Apple fez e nós decidimos não permitir que os telefones usados sejam importados para a Índia", disse o oficial, que não quis ser identificado pois as negociações com a Apple não são públicas.

Esta pessoa foi informada sobre a decisão, enquanto a segunda fonte participou do processo de revisão.

A Apple não quis comentar.

(Por Himank Sharma)