Amazon é boa para indústria do cinema, diz diretor do festival de Cannes

terça-feira, 10 de maio de 2016 15:13 BRT
 

CANNES, França (Reuters) - O festival de cinema de Cannes está abrindo parcialmente a porta para gigantes da transmissão de vídeo pela Internet neste ano, permitindo que a Amazon estreie na 69a edição do evento, mas deixando a Netflix de fora.

O diretor do festival Thierry Fremaux afirmou que a presença da Amazon é boa notícia porque o serviço de streaming sob demanda da empresa lança produções nos cinemas antes de serem disponibilizados online.

A indústria cinematográfica prefere as chamadas "janelas de lançamento", normalmente três meses, quando pode exibir um filme com exclusividade. A Netflix lança seus filmes ao mesmo tempo nos cinemas e online.

"A Amazon é diferente da Netflix. É uma distribuidora e produtora real", disse o diretor à Reuters antes da abertura do festival, na quarta-feira.

"Eles têm Woody Allen, mas também alguns filmes estrangeiros, então é boa notícia porque graças a eles estes filmes serão distribuídos", afirmou.

O festival de Cannes vai ser aberto com a produção "Cafe Society", um dos cinco filmes da Amazon selecionados para o evento. Três deles foram escolhidos para a competição principal.

"A presença da Amazon não é significativa apenas para o festival de Cannes. É significativa para toda a indústria do cinema", disse Fremaux. "É boa notícia. É dinheiro, um novo tipo de dinheiro. Ter a Amazon comprando quatro, cinco filmes é um sinal muito bom de que o cinema está vivo."

Este ano, Netflix e Amazon tiveram um total combinado de 12 filmes no festival de Sundance e o festival de Veneza exibiu "Beasts of No Nation", da Netflix.

 
Diretor do Festival de Cannes, Thierry Fremaux, durante evento em Paris.     14/04/2016        REUTERS/Charles Platiau