Google proíbe anúncios de certos tipos de empréstimos nos EUA

quarta-feira, 11 de maio de 2016 17:32 BRT
 

(Reuters) - O Google vai proibir anúncios relacionados a empréstimos a juros elevados conhecidos como "payday loans" nos Estados Unidos, uma vez que estes "enganosos ou prejudiciais produtos financeiros" tiram vantagem de clientes vulneráveis.

O Google, que se junta ao Facebook ao bloquear tais anúncios, divulgou sua decisão um dia após o Tesouro dos Estados Unidos sugerir que os credores online apoiem mais transparência em suas transações.

Os empréstimos "payday" oferecem pequenos valores a altas taxas de juros que devem ser pagos em um curto período de tempo. A modalidade tem atraído críticas, uma vez que as pessoas alvo destes financiamentos frequentemente não conseguem pagar os empréstimos ou tendem a refinanciá-los, aumentando a dívida.

"Pesquisas mostraram que estes empréstimos podem resultar em um pagamento impossível e alta taxa de endividamento para os usuários", disse diretor de políticas de produtos globais do Google, David Graff, nesta quarta-feira.