Ações da Apple ficam tocam menos de US$90 com piora nas preocupações sobre iPhone

quinta-feira, 12 de maio de 2016 20:43 BRT
 

(Reuters) - As ações da Apple caíram para menos de 90 dólares nesta quinta-feira pela primeira vez desde 2014, com Wall Street se preocupando com a lenta demanda antes do antecipado lançamento de um novo iPhone mais tarde neste ano.

Um pilar para muitos dos portfólios de Wall Street, a Apple caiu para um valor tão baixo quando 89,47 dólares antes de se recuperar ligeiramente para 90,13 dólares, uma perda de 2,55 por cento.

As fornecedoras de componentes em Taiwan receberão menos pedidos da Apple no segundo semestre de 2016 que no mesmo período do ano passado, disse o jornal Nikkei Asia Review nesta quinta-feira, citando fontes. A Apple normalmente lança seus telefones de ponta em setembro.

"As pessoas estão pegando os pontos de dados negativos sobre os pedidos de componentes e previsões de produção, e as características do novo iPhone não parecem ser uma grande mudança em relação ao 6S", disse o analista da Rosenblatt Securities, Jun Zhang.

Na mínima da sessão, a Apple perdeu brevemente sua posição como maior empresa do mundo em capitalização de mercado para a Alphabet .

(Por Noel Randewich; reportagem adicional por Savio D'Souza e Rodrigo Campos)