Norte-americano LendingClub é alvo de processo de acionistas

terça-feira, 17 de maio de 2016 15:05 BRT
 

(Reuters) - O LendingClub tornou-se alvo de um processo federal que pode ser o primeiro de muitos, por parte de acionistas que dizem que a instituição financeira online teria inflado o preço de sua ação ao esconder sua incapacidade de monitorar suas operações.

Em uma ação judicial que teve entrada na noite de segunda-feira em um tribunal federal de San Francisco, nos Estados Unidos, o querelante Steeve Evellard disse que o LendingClub induziu acionistas ao erro ao fazê-los acreditar que os controles internos eram fortes o bastante para barrar práticas questionáveis de empréstimos e garantir a clientes a comunicação adequada de informações.

A ação afirma que as ações desabaram quando a verdade se tornou conhecida, incluindo uma queda de 51 por cento na semana passada, limando diversos bilhões de dólares do valor de mercado da empresa com sede em San Francisco.

Uma porta-voz do LendingClub não quis comentar o caso nesta terça-feira.

O processo envolve acionistas desde a oferta pública inicial de ações do LendingClub em dezembro de 2014 até 6 de maio de 2016, último dia de negociação antes do fundador e presidente-executivo, Renaud Laplanche, renunciar diante de uma investigação interna que revelou alterações em 3 milhões de dólares em pedidos de empréstimos.

O LendingClub se especializa em combinar pessoas em busca de empréstimos a credores institucionais.

(Por Jonathan Stempel)