LinkedIn invalida milhões de senhas potencialmente vazadas

quarta-feira, 18 de maio de 2016 19:15 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - Um roubo de dados do LinkedIn ocorrido em 2012 pode ter afetado muito mais usuários do que o anteriormente estimado, disse a rede social para profissionais nesta quarta-feira.

O LinkedIn disse em comunicado que está trabalhando para invalidar as senhas de cerca de 100 milhões de contas após "ter ficado ciente de um conjunto adicional de dados que acabaram de ser divulgados e que alegam ser combinações de e-mail e senhas criptografadas de mais de 100 milhões de membros do LinkedIn daquele mesmo roubo em 2012".

A empresa disse que estava "adotando ações imediatas para invalidar as senhas das contas afetadas e entrará em contato com os membros para reiniciarem suas senhas. Não temos indicações de que isto seja resultado de uma nova falha de segurança".

Mais de 6 milhões de senhas foram roubadas quando o LinkedIn foi invadido por hackers em 2012.

(Por Amy Tennery)