BlackRock vê grandes desafios para investidores e Conselhos em relação a riscos de tecnologia

quinta-feira, 19 de maio de 2016 18:10 BRT
 

HONG KONG (Reuters) - Investidores estão enfrentando enormes desafios para avaliar riscos de cibersegurança porque as empresas estão relutantes para revelar brechas, temendo que possam torná-las mais vulneráveis, de acordo com o chefe de administração de investimentos da BlackRock para a região Ásia Pacífico.

Ao longo dos últimos dois anos, a maior administradora de ativos do mundo aumentou a pressão sobre as empresas para garantir que adotem procedimentos robustos para gerenciar riscos online, mas é difícil conseguir engajamento dos Conselhos nesse tema sensível, disse Pru Bennett ao Reuters Financial Regulation Summit.

"Revelar é um desafio para empresas em relação à cibersegurança. Pode atrair atenção. Não estamos pressionando por revelações, mas quem tem responsabilidades e onde ela está no Conselho. A coisa mais importante é se manter atualizado".

"Isso é um desafio real para os Conselhos, não há dúvida sobre isso, e também é um desafio para nós conseguir o engajamento dos Conselhos sobre o assunto".

Bennett disse que a cibersegurança se tornou uma preocupação de governança corporativa para investidores e que os Conselhos precisam garantir que as empresas tenham controles atuantes para se manter acima dos riscos.

"Não estou dizendo que todo Conselho tem que ter um ciberespecialista, mas se você tem pessoas competentes que entendem os problemas, podem ouvir um especialista, assimilar a informação e tomar decisões de acordo, é isto o que queremos no Conselho", disse Bennet ao Summit em Hong Kong.

(Por Michelle Price)